Cultura para Fungos

Coleta – Swab com gel ou lâminas com material

Material – Raspado de Pele ou Secreção

Prazo – Até 40 dias

CONDIÇÕES

- Raspado de lesões, unhas, pêlos, secreções de feridas, lavado brônquico, líquor, punção de linfonodos, fezes e urina.

QUESTIONÁRIO

- Informar se está em uso de antifúngico.

INTERFERENTES

- Uso de antifúngico.

INSTRUÇÕES

- Não estar em uso de antifúngico (tópico aguardar 15 dias e oral aguardar 30 dias ou conforme orientação do médico veterinário).
- Pomadas e cremes comuns (lavar e realizar a coleta no dia seguinte).
- Não dar banho no animal no dia da coleta.
- Sempre que possível, informar a suspeita clínica para direcionar melhor a pesquisa.

COLETA

- Secreções: Colher, o máximo de material possível, com swab e colocar no meio de transporte Stuart.
- Urina: Fazer higienização adequada e colher a amostra em frasco estéril.
- Lesões secas e descamativas: Raspar delicadamente nas bordas das lesões, com o auxílio de um bisturi e recolher o material. Se as bordas não estiverem bem definidas, raspar toda a lesão. Raspar as lesões mais recentes quando estas forem múltiplas. Procurar obter o máximo de material possível.

CONSERVAÇÃO

- Líquor: não refrigerar, enviar em temperatura ambiente.
- Pele, unhas e pêlos: frascos bem vedados.
- Fezes: enviar em meio Cary Blair.
- Esperma: em frasco estéril, refrigerado entre 2 e 8 ºC.

COMENTÁRIOS

Utilizada no diagnóstico das infecções em diversos materiais clínicos com identificação do agente causal. Os passos mais importantes para o sucesso do isolamento dos agentes etiológicos das micoses são a coleta adequada, o rápido transporte das amostras ao laboratório, seu pronto e adequado processamento e a inoculação nos meios apropriados.

SAIS Nº 08 - Sociedade Hípica de Brasília - Brasília/DF - CEP:70.610-000 | (61) 3345.8333 - 3346.8333 - 99221.8856