Câncer em pets: como diagnosticar?

Mais uma vez as doenças dos nossos peludos se assemelham às que nos atinge. E com o câncer é bem parecido. Hoje trazemos um pouco sobre o carcinoma de células escamosas.

O carcinoma de células escamosas é uma neoplasia maligna que se desenvolve em tecido epitelial escamoso. Os pets com pele branca ou albinos que são frequentemente expostos ao sol tem maior frequência dessa doença do que os demais.

Os casos mais frequentes estão nas pinas de gatos brancos, pálpebras não pigmentadas e região abdominal onde apresenta rarefação pilosa. Na imagem podemos observar esse tipo de carcinoma na língua de um cão.

Câncer em pets: como diagnosticar?

Como diagnosticar?
Quanto mais precoce for o diagnóstico do câncer, maior será a chance de vida do pet, mas, para isso, é necessária a observação e a atenção diária do tutor, além de manter em dia a visita ao médico veterinário.

Normalmente, a suspeita começa quando o pet apresenta um aumento de volume em alguma parte do corpo, ou sintomas diferentes de sua rotina diária. Apesar da observação ser importante, a confirmação da doença só pode ser realizada após exames clínicos e laboratoriais feitos por médicos veterinários.

Os casos mais frequentes de câncer em pets estão nas pinas de gatos brancos, pálpebras não pigmentadas e região abdominal onde apresenta rarefação pilosa

Continue acompanhando nosso blog para ficar por dentro de novidades do mundo pet.

Leia mais

Gostei! (Nenhum voto)
Loading...

SAIS Nº 08 - Sociedade Hípica de Brasília - Brasília/DF - CEP:70.610-000 | (61) 3345.8333 - 3346.8333 - 99221.8856